Facebook melhora segurança

O Facebook apresentou em sua Conferência F8 2018 algumas novidades em relação a segurança.

Proteção à Integridade de Eleições

A empresa admitiu que em 2016 foi lenta em identificar a interferência na eleição americana. Ela não esperava que o ataque pudesse vir no formato de uma grande rede de contas falsas. Desde então o Facebook derrubou dezenas de milhares de contas falsas, e conseguiu rastreá-las até a Rússia. Como consequência, as eleições francesas correram sem surpresas, e o Facebook espera estar ainda mais preparado para uma sequência de importantes eleições que ocorrerão esse ano, como no Brasil e no México.

Facebook 2018 F8 Conference

Ao longo de 2018 o Facebook espera contar com 20.000 pessoas trabalhando com segurança e revisão de conteúdo.

Combate a “Fake News”

São três os focus de combate a “Fake News”.

Primeiro, o mais simples, as fake news geradas por pessoas que têm como objetivo obter receita de advertising. O objetivo aqui é identificá-las, e retirar os anúncios de suas páginas, acabando com sua receita de adds.

Segundo, contas falsas que têm objetivos maiores, como influenciar em eleições. O caminho aqui é utilizar ferramentas de inteligência artificial e revisores de conteúdo para identificá-las.

Finalmente, há pessoas comuns que distribuem “fake news”, sem interesse financeiro nem motivações políticas. A estratégia aqui é focar em conteúdos ou notícias que se tornaram virais, e, ao apresentá-los às pessoas, colocá-los lado a lado com outras fontes de informação confiáveis, para que todos possam ter um contexto e fazer seu próprio julgamento.

Privacidade de Dados

Uma série de iniciativas devem ser tomadas para que casos como o da Cambridge Analytica não voltem a acontecer. Por exemplo:

  • Restringir a quantidade de dados que os desenvolvedores podem solicitar das pessoas;
  • Investigar cada um dos apps que têm ou tenham tido acesso a uma grande quantidade de informações de usuários do Facebook;
  • Oferecer ferramentas que tornam mais fácil para os usuários saberem todos os apps que têm acesso a suas informações pessoais, de forma que eles possam cancelar os serviços que não usam mais;
  • Desenvolver um simples controle chamado “Clear History” (Limpar Histórico), que deve ser similar às opções de limpar cookies disponíveis em qualquer navegador da internet. Esse controle removerá todos os apps and websites para os quais o usuário já foi direcionado pelo Facebook, apagando seu histórico.

 

Veja outras novidades anunciadas pelo Facebook na F8 2018.

Visite site oficial da F8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: